RCC FÓRUM: Seja bem-vindo ao fórum!
Revotech: Você é um amante de tecnologia? Inscreva-se.
ANUNCIE AQUI: Exponha sua marca para milhares de acessos
HABBOREVO: Venha fazer parte do maior fã site policial do Habbo Hotel.
RCC Indica: Confira o desconto no livro O Homem mais Rico da Babilônia!
RCC DISCORD: Junte-se ao nosso canal no Discord!
RCC PODCAST: Ouça o nosso podcast, no Youtube ou no Spotify.
CENTRAL DE COMPARTILHAMENTO DE ERROS: Compartilhe conosco erros que você esteja passando no HABBO BETA!

Compartilhe
_brant
_brant
Popular

RCCoins : 200
Mensagens : 643
Patente : Tenente
Idade : 19
Emblemas : [DA] Carta de Orientações IT693Sou um militar da PMRCC
Qua 15 Dez 2021 - 5:03
[DA] Carta de Orientações Da_cea11
CARTA DE ORIENTAÇÕES
CAPÍTULO I - Das disposições gerais

Artigo 1° - O Departamento de Atividades do Centro de Elitização de Aspirantes, segundo define este documento, representada na figura de seus membros, tem como atribuições:

I - Realizar treinamentos quinzenais aos praças da Polícia Militar Revolução Contra o Crime;

II -  Realizar funções internas que contribuam para o bom funcionamento do departamento.

Artigo 2° - A entrada de membros dar-se-á por meio do processo seletivo da sub-companhia, a qual fora feita a escolha prévia do departamento desejado.

CAPÍTULO II - Dos cargos, funções e metas

Artigo 3° - A hierarquia interna do Departamento de Atividades é composta por 5 (cinco) cargos, cada qual apresentando um número limitado de vagas visando maior controle e eficiência:

I - Membro, com 5 (cinco) vagas;

II - Coordenador de supervisão, com 3 (três) vagas;

III - Coordenador de atividade, com 3 (três) vagas;

IV - Assistente-Geral, com 3 (três) vagas;

V - Diretor, com 1 (uma) vaga.

Artigo 4° - É realizada a distribuição de funções entre os membros do Departamento,  sendo os membros obrigados a seguir suas funções de acordo com o exposto, conforme segue abaixo:

I - O membro é responsável por encenar os casos práticos que forem criados para os treinamentos. Sua meta é de 2 (duas) encenações mensais, sendo que cada caso simulado equivale a 1 (uma) encenação;

II - O coordenador de supervisão é responsável pela transparência geral do treino, fazendo anotações sobre o desempenho dos militares e escolhendo um destaque da equipe que ficar responsável durante os treinamentos. Sua meta é de 1 (uma) supervisão por mês;

III - O coordenador de atividade é responsável pela criação dos casos e/ou questões que serão utilizados nos treinamentos. Sua meta é de 2 (dois) casos por mês, sendo que a cada um formulado equivale a 1 (um) caso;

IV - O assistente-geral, que é dividido em três funções como secretários, é responsável pelas atividades administrativas do Departamento. Este cargo não há uma meta exata, mas deverá cumprir suas funções sempre que necessário e com prazo a decidir;

V - O diretor é responsável por manter a organização e o funcionamento do departamento, fazendo com que todas as funções sejam exercidas de forma exímia para manter o bom andamento do grupo.

Parágrafo único: O detalhamento das funções de cada um dos cargos citados acima pode ser encontrado no tópico: [DA] Funções Administrativas.

CAPÍTULO III - Da necessidade de licença de serviço

Artigo 5° - O membro que precisar se afastar de suas funções por período igual ou superior a 5 (cinco) dias deverá solicitar uma licença de serviço, postando-a conforme requerimento disponível em [DA] Requerimento de Membros. Para que sua licença seja válida, deverá:

I - Estar em licença também no Centro de Elitização de Aspirantes, indicando que de fato está impossibilitado de prosseguir com seu trabalho;

II - Solicitar a permissão da direção do Departamento;

III - Respeitar o prazo período mínimo de 5 (cinco) dias e o máximo de 30 (trinta) dias em licença de serviço, conforme necessidade.

Artigo 6° - O membro que, passadas 24 (vinte e quatro) horas do prazo de término de sua licença, não postar o retorno desta, receberá uma advertência interna por negligência.

CAPÍTULO IV - Das normativas de punições

Artigo 7° - O membro que deixar de cumprir com suas obrigações programadas na escala de funções sem justificativa receberá uma advertência interna, a critério da diretoria.

Artigo 8° - O membro tem 24 horas para justificar a falta com o cumprimento de algumas de suas funções. Caso ultrapasse às 24 horas, estará sujeito ao recebimento de uma advertência interna.

Artigo 9° - O membro que atingir um total de 3 (três) advertências internas será sumariamente expulso do setor.

Parágrafo único: Todas as advertências terão duração de 30 (trinta) dias a contar da data de seu recebimento.

CAPÍTULO V - Considerações finais

Artigo 10° - Cabe à direção, e somente a ela, a revogação de qualquer uma das regras impostas nesta carta.

Parágrafo único: A direção do Departamento de Atividades agradece aos seus membros pelas contribuições realizadas ao grupo e pelo seguimento das normativas citadas acima.


[DA] Carta de Orientações _brant16
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos