Compartilhe
tranquilas
tranquilas
Lendário

RCCoins : 200
Mensagens : 4178
Patente : Comandante Geral
Idade : 18
Emblemas : [SF] Backup do Regimento Interno IT693Sou um militar da PMRCC
em Ter 30 Abr - 22:42


CENTRO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS

[SF] Backup do Regimento Interno Cfo10

SETOR DE FISCALIZAÇÃO

Tópico destinado para a postagem do BACKUP do Regimento Interno. Sempre que houver atualização, poste a nova documentação nesse tópico. Obs: coloque o Backup em "Spoiler" para melhor organização.

Código:
[b]Nick:[/b]
[b]Data e horário:[/b]
[b]Backup:[/b]


Atenciosamente,
Comanante-geral tranquilas
[SF] Backup do Regimento Interno Tracin10
Vice-Líder dos Supervisores de Promoções
Conselheira do Centro de Formação de Oficiais
Membro da Corregedoria
tranquilas
tranquilas
Lendário

RCCoins : 200
Mensagens : 4178
Patente : Comandante Geral
Idade : 18
Emblemas : [SF] Backup do Regimento Interno IT693Sou um militar da PMRCC
em Ter 30 Abr - 22:44
Nick: tranquilas
Data e horário: 06 Março 2019
Backup:

06 Mar 2019:

CENTRO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS

[SF] Backup do Regimento Interno Cfo10

SETOR DE FISCALIZAÇÃO
SETOR LEGISLATIVO 
:registered:




REGIMENTO INTERNO DO SETOR DE FISCALIZAÇÃO DO CENTRO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS





ITEM I - Princípios

Art. 1º - O Setor de Fiscalização é um grupo que faz parte do setor de segurança do Centro de Formação de Oficiais, com objetivo de investigar casos internos, fiscalizar treinamentos, relatórios e grupos.

Art. 2º - Todos os membros do grupo na ativa, licença ou reserva, devem cumprir com todas as exigências expostas neste regimento interno, e terá ciência que o não cumprimento do mesmo poderá acarretar em punições.

Art. 3º - Caso um membro do Setor de Fiscalização seja rebaixado na instituição por motivos que não coincidam com os valores adotados aqui será expulso de imediato e sem aviso prévio.


ITEM II - Hierarquia e divisões de funções

Art. 4º - Para fins de organização hierárquica e administrativa, o Setor de Fiscalização é composta por uma hierarquia de três cargos, sendo eles, do menor para o maior:


  • Fiscalizador(a);
  • Inspetor(a)
  • Vice-Líder
  • Líder



Art. 5º - Para controle e limitação de membros, cada cargo da hierarquia é restrito por uma quantidade de vagas, totalizando onze (11) vagas no geral:


  • Fiscalizador(a): Existem quatro vagas para o cargo;
  • Inspetor(a): Existem quatro vagas para o cargo;
  • Vice-Líder: Existem duas vagas para o cargo;
  • Líder: Existe uma vaga para o cargo.


Art. 6º - Para manter o grupo em pleno funcionamento e organização é realizada a distribuições de funções para cada cargo da hierarquia, sendo elas:



  • Fiscalizador(a): Tem como função denunciar qualquer tipo de infração cometida pelos professores/avaliadores através das planilhas, como também fiscalizar os grupos envolvendo o Centro de Formação de Oficiais, retirando os policiais quando necessário. É obrigatório duas fiscalizações de aplicações e uma vistoria fixa semanal.

  • Inspetor(a): Responsável por fiscalizar duas denuncias semanais e ter no mínimo uma interrogação semanal.


  • Vice-Líder: Responsável por garantir a segurança de toda a estrutura do grupo, e representar o líder em sua ausência;


  • Líder: Responsável por todo o grupo, é seu dever organizar e manter toda a estrutura do grupo.



1. Fiscalização de aplicações: Verificar todas as planilhas em busca de erros cometidos pelos professores/avaliadores do CFO.
2. Fiscalização do grupo: Verificar membros inativos/reformados no grupo de Formado no Habbo Hotel.
3. Fiscalização da Listagem de Formados: Verificar a listagem de formados no subfórum do CFO em busca de inativos/reformados.
4. Fiscalização de denúncias
ITEM III - Crimes administrativos

Art. 7º - Considera-se crime administrativo, todo e qualquer ato de falsificação/omissão de informações, abandono de dever/negligência, conduta imprópria e qualquer outro tipo de comportamento que não condiz com os valores da companhia em modo geral.

Art. 8º - É absolutamente proibido manipular/falsificar provas para prejudicar outro treinador. Caso o professor/avaliador use de má fé, seja ela com utilização de print's falsos ou não, estará cometendo o crime de falsificação de informações.

Art. 9º - Todos os crimes apresentados nos artigos 7º, 8º e 9º deste regimento interno é punível com expulsão da companhia e atribuição de 200 medalhas negativas ao autor.

Cláusula O professor/avaliador receberá uma advertência no Centro de Formação de Oficiais caso deixe de postar sua respectiva atividade no tópico de "Postagem de atividades"; passe do limite estimulado para cada avaliação da atividade; deixe de postar alguma aula/atividade; aplicação incorreta da avaliação, entre outros fatores que possam ser agregados com uma advertência.

ITEM IV - Gratificações e punições

Art. 10º - O membro do Setor de Fiscalização que cumprir com suas funções, será gratificado com dez medalhas temporárias mensalmente.

Art. 11º - O membro que não cumprir com suas metas, será expulso do grupo e levará consigo vinte medalhas temporárias negativas.

Art. 12º - O membro do Setor de Fiscalização que for pego em uma denúncia, será exonerado do grupo e receberá -200 medalhas negativas efetivas.

ITEM IV.II - Punições por crimes/infrações

Art. 13º - O membro do Centro de Formação de Oficiais que for pego falsificando aula será expulso na sub-companhia levando 100 medalhas negativas.

Art. 14º - O membro do Centro de Formação de Oficiais que for pego pulando script será expulso na sub-companhia levando 200 medalhas negativas.

Art. 15º - O membro do Centro de Formação de Oficiais que for pego dando avaliação antes de 5 horas pós-reprovação ou avaliação antes de 12 horas pós aula de de legislação levará uma advertência na sub-companhia com duração de 1 mês.

ITEM V - Considerações finais

Art. 16º - Todas as denúncias realizadas pelos membros do Setor de Fiscalização devem ser revisadas pelo Inspetor do grupo, analisando todas as provas apresentadas e aplicando a devida punição.

Art. 17º - Nenhum membro da companhia pode aplicar algum tipo de punição para professores/avaliadores, salvo os membros que fazem parte da Inspetoria do Setor de Fiscalização.

Art. 18º - As reuniões do Setor de Fiscalização são realizadas mensalmente, com divulgação antecipada, podendo ter mais de uma durante o mês.

Art. 19º - Todas as ações tomadas pela inspetoria são válidas, desde que sigam uma linha moral e ética.

Art. 20º - Em caso de licença, só poderá postar sua licença com permissão da liderança.

Art. 20º - É permitido a presença do Setor de Inteligência nos quartos vinculados ao Setor de Fiscalização do Centro de Formação de Oficiais.




Regimento interno idealizado por: -Vegita
Revisado e editado pela liderança do Centro de Formação de Oficiais em Mar 2019 


Atenciosamente,
Comanante-geral tranquilas
[SF] Backup do Regimento Interno Tracin10
Vice-Líder dos Supervisores de Promoções
Conselheira do Centro de Formação de Oficiais
Membro da Corregedoria
tranquilas
tranquilas
Lendário

RCCoins : 200
Mensagens : 4178
Patente : Comandante Geral
Idade : 18
Emblemas : [SF] Backup do Regimento Interno IT693Sou um militar da PMRCC
em Ter 30 Abr - 22:46
Nick: tranquilas
Data e horário: 30 Abr 2019 - 22h46min
Backup:

30 Abr 2019:


CENTRO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS

[SF] Backup do Regimento Interno Cfo10

SETOR DE FISCALIZAÇÃO
SETOR LEGISLATIVO 
:registered:




REGIMENTO INTERNO DO SETOR DE FISCALIZAÇÃO DO CENTRO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS





ITEM I - Princípios

Art. 1º - O Setor de Fiscalização é um grupo que faz parte do setor de segurança do Centro de Formação de Oficiais, com objetivo de investigar casos internos, fiscalizar treinamentos, relatórios e grupos.

Art. 2º - Todos os membros do grupo na ativa, licença ou reserva, devem cumprir com todas as exigências expostas neste regimento interno, e terá ciência que o não cumprimento do mesmo poderá acarretar em punições.

Art. 3º - Caso um membro do Setor de Fiscalização seja rebaixado na instituição por motivos que não coincidam com os valores adotados aqui será expulso de imediato e sem aviso prévio.


ITEM II - Hierarquia e divisões de funções

Art. 1º - Para fins de organização hierárquica e administrativa, o Setor de Fiscalização é composta por uma hierarquia de três cargos, sendo eles, do menor para o maior:


  • Fiscalizador(a);
  • Inspetor(a)
  • Vice-Líder
  • Líder



Art. 2º - Para controle e limitação de membros, cada cargo da hierarquia é restrito por uma quantidade de vagas, totalizando onze (11) vagas no geral:


  • Fiscalizador(a): Existem quatro vagas para o cargo;
  • Inspetor(a): Existem quatro vagas para o cargo;
  • Vice-Líder: Existem duas vagas para o cargo;
  • Líder: Existe uma vaga para o cargo.


Art. 3º - Para manter o grupo em pleno funcionamento e organização é realizada a distribuições de funções para cada cargo da hierarquia, sendo elas:



  • Fiscalizador(a): Tem como função denunciar qualquer tipo de infração cometida pelos professores/avaliadores através das planilhas, como também fiscalizar os grupos envolvendo o Centro de Formação de Oficiais, retirando os policiais quando necessário. É obrigatório duas fiscalizações de aplicações e uma vistoria fixa semanal.

  • Inspetor(a): Responsável por fiscalizar duas denuncias semanais e ter no mínimo uma interrogação semanal.


  • Vice-Líder: Responsável por garantir a segurança de toda a estrutura do grupo, e representar o líder em sua ausência;


  • Líder: Responsável por todo o grupo, é seu dever organizar e manter toda a estrutura do grupo.



1. Fiscalização de aplicações: Verificar todas as planilhas em busca de erros cometidos pelos professores/avaliadores do CFO.
2. Fiscalização do grupo: Verificar membros inativos/reformados no grupo de Formado no Habbo Hotel.
3. Fiscalização da Listagem de Formados: Verificar a listagem de formados no subfórum do CFO em busca de inativos/reformados.
4. Fiscalização de denúncias
ITEM III - Crimes administrativos

Art. 1º - Considera-se crime administrativo, todo e qualquer ato de falsificação/omissão de informações, abandono de dever/negligência, conduta imprópria e qualquer outro tipo de comportamento que não condiz com os valores da companhia em modo geral.

Art. 2º - É absolutamente proibido manipular/falsificar provas para prejudicar outro treinador. Caso o professor/avaliador use de má fé, seja ela com utilização de print's falsos ou não, estará cometendo o crime de falsificação de informações.

Art. 3º - Todos os crimes apresentados nos artigos 7º, 8º e 9º deste regimento interno é punível com expulsão da companhia e atribuição de 200 medalhas negativas ao autor.

Cláusula O professor/avaliador receberá uma advertência no Centro de Formação de Oficiais caso deixe de postar sua respectiva atividade no tópico de "Postagem de atividades"; passe do limite estimulado para cada avaliação da atividade; deixe de postar alguma aula/atividade; aplicação incorreta da avaliação, entre outros fatores que possam ser agregados com uma advertência.

ITEM IV.II - Punições por crimes/infrações

Art. 1º - O membro do Setor de Fiscalização que for pego em uma denúncia, será exonerado do grupo e receberá -200 medalhas negativas efetivas.

Art. 2º - O membro do Centro de Formação de Oficiais que for pego falsificando aula será expulso na sub-companhia levando 100 medalhas negativas.

Art. 3º - O membro do Centro de Formação de Oficiais que for pego pulando script será expulso na sub-companhia levando 200 medalhas negativas.

Art. 4º - O membro do Centro de Formação de Oficiais que for pego dando avaliação antes de 5 horas pós-reprovação ou avaliação antes de 12 horas pós aula de de legislação levará uma advertência na sub-companhia com duração de 1 mês.

ITEM V - Considerações finais

Art. 1º - Todas as denúncias realizadas pelos membros do Setor de Fiscalização devem ser revisadas pelo Inspetor do grupo, analisando todas as provas apresentadas e aplicando a devida punição.

Art. 2º - Nenhum membro da companhia pode aplicar algum tipo de punição para professores/avaliadores, salvo os membros que fazem parte da Inspetoria do Setor de Fiscalização.

Art. 3º - As reuniões do Setor de Fiscalização são realizadas mensalmente, com divulgação antecipada, podendo ter mais de uma durante o mês.

Art. 4º - Todas as ações tomadas pela inspetoria são válidas, desde que sigam uma linha moral e ética.

Art. 5º - Em caso de licença, só poderá postar sua licença com permissão da liderança. É obrigatório estar em licença na RCC para tirar afastamento no Setor de Fiscalização do CFO, com exceção de cursos complexos. (COESp, CAPExe, AMAN, etc.)

Art. 6º - É permitido a presença do Setor de Inteligência e Corregedoria nos quartos vinculados ao Setor de Fiscalização do Centro de Formação de Oficiais.




Regimento interno idealizado por: -Vegita
Revisado e editado pela liderança do Centro de Formação de Oficiais em 30 Abr 2019 


Atenciosamente,
Comanante-geral tranquilas
[SF] Backup do Regimento Interno Tracin10
Vice-Líder dos Supervisores de Promoções
Conselheira do Centro de Formação de Oficiais
Membro da Corregedoria
Conteúdo patrocinado
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum