Compartilhe
DoutorAragom
DoutorAragom
Participativo

RCCoins : 200
Mensagens : 1146
Patente : Coronel
Idade : 19
Emblemas : CFO - Postagem de atividades - Página 44 IT693Sou um militar da PMRCC
em Qui 14 Fev - 19:07
Nick do Professor: DoutorAragom
Nick do Aluno: -Malfoyy
Data da Correção: 14 Fev 2019
Veredito dado: Aprovado
Motivos: Apresentou uma boa estrutura e uma ideia razoável.
Spoiler:
Projeto do Aluno:

Instituição Polícia Militar Revolução Contra o Crime


CFO - Postagem de atividades - Página 44 Croy3uF

Relatório da Missão




• Informações sobre o policial:


Instituição: Polícia Militar Revolução Contra o Crime.
Nick: -Malfoyy
Cargo: Vice-Presidente Geral
TAG: [MFY]
TAG do promotor: [Mtm]
Companhia: [TRE] Companhia dos treinadores




I - Introdução: A grande maioria dos soldados ainda apresentam grandes dificuldades no aprendizado dos comandos apresente-se e dispensado, durante o CAS, o que é algo extremante prejudicial.

II - Desenvolvimento: A parte do script do CAS em que ensina os comandos apresente-se e dispensado ainda é muito resumida, para o soldado ás vezes pode se tornar confuso, com tudo, uma boa forma para resolver tal dificuldade seria a liberação de mais 1 militar para a demonstração dos comandos. A proposta consiste em na hora que o treinador chegasse no parte do script em que há o ensinamento dos comandos apresente-se e dispensado, ele poderia chamar um militar para fazer a demonstração do comando ao soldado, pois é a melhor forma de ensinar é com a demonstração, isto reduziria bastante o tempo em que os treinadores perdem para ensinar estes comandos, aumentando a produção e disponibilidade dos mesmos no batalhão de forma mais rápida.

III - Conclusão: Tendo em vista os aspectos observados, esta nova forma de ensinar os comandos com a demonstração reduziria o tempo de cada aula e aumentaria a produção dos treinadores no BP, pois quanto menor o tempo que cada um gasta com uma aula, maior a disponibilidade de tempo que os mesmos teriam.

IV - Objetivo: Aprimorar o ensinamento dos soldados dos comandos apresente-se e dispensado e agilizar o aprendizado dos mesmos, aumentando de forma eficiente a disponibilidade de treinadores no BP.


Atenciosamente DoutorAragom [DrA]

- General da RCC
- Membro do Serviço de Proteção dos Professores
- Conselheiro dos Professores
- Avaliador do CFO
- Ex-Avaliador do CFO
- Ex-Membro do Conselho de Cargos Executivos
- Ex-Vice-Líder dos Professores
- 3º Lugar no PMS 2014 - Melhor Professor
- 3º Lugar no Oscar 2014 - Melhor Professor
- Ex-Coronel
Novembro 2018
Since fevereiro 2014
"Não quero que as pessoas sejam muito gentis; pois tal poupa-me o trabalho de gostar muito delas."

CFO - Postagem de atividades - Página 44 Giphy
DoutorAragom
DoutorAragom
Participativo

RCCoins : 200
Mensagens : 1146
Patente : Coronel
Idade : 19
Emblemas : CFO - Postagem de atividades - Página 44 IT693Sou um militar da PMRCC
em Sex 15 Fev - 13:56
Nick do Professor: DoutorAragom
Nick do Aluno: ,Hakon
Data da Correção: 15 Fev 2019
Veredito dado: Aprovado
Motivos: Apresentou uma ótima estrutura e uma ideia interessante.
Spoiler:
Projeto do Aluno:

POLÍCIA MILITAR REVOLUÇÃO CONTRA O CRIME
CFO - Postagem de atividades - Página 44 Rcc1413

Nick: ,Hakon
TAG: [Kon]
Patente/Cargo: Supervisor-Geral

1.Introdução

1.1.Problemática

É notório que vários policiais, na maioria praças de nossa instituição, tem extrema dificuldade em relação ao manuseio do fórum, principalmente no quesito do BBCode, algo extremamente necessário quando se fala de um policial da RCC.

2.Desenvolvimento


1.2.Objetivo

Tendo em vista o problema citado anteriormente, foi pensado em algo para estar ajudando no aprendizado do BBCode para os policiais com dificuldades. Mesmo já existindo um matéria do Curso de Formação de Oficiais focada nisso, mas mesmo assim, encontramos policiais que acabam travados nessa matéria e acabam desanimando por isso. Levando em conta o que já foi supracitado, a ideia seria criar uma área no fórum, exatamente como a do treinamento de postagens do Setor Administrativo, porém apenas focada em postagens, contendo alguma apostila orientando fazer coisas básicas que usamos em relatórios. O espaço seria livre para testar e postar coisas envolvendo a formatação.

Ponto positivo: teríamos praças com maior conhecimento á cerca do BBCode, podendo fazer melhores postagens e relatórios, visando sempre buscar erros bobos que acabam dando problemas desnecessários.

Ponto negativo: toda burocracia envolvendo criação e tutela para renovação e de segurança contra postagens indevidas.

3.Conclusão

1.3.Considerações finais

Com base em tudo que foi falado, podemos ter como base uma simples ideia de como poderia funcionar o tópico:


Setor de Treinamento

>Apostila BBCode: tutoriais básicos

>Setor de postagens: BBCode

Com base em tudo que foi falado, concluo assim a atividade proposta com sua devida apresentação e solução.


Atenciosamente DoutorAragom [DrA]

- General da RCC
- Membro do Serviço de Proteção dos Professores
- Conselheiro dos Professores
- Avaliador do CFO
- Ex-Avaliador do CFO
- Ex-Membro do Conselho de Cargos Executivos
- Ex-Vice-Líder dos Professores
- 3º Lugar no PMS 2014 - Melhor Professor
- 3º Lugar no Oscar 2014 - Melhor Professor
- Ex-Coronel
Novembro 2018
Since fevereiro 2014
"Não quero que as pessoas sejam muito gentis; pois tal poupa-me o trabalho de gostar muito delas."

CFO - Postagem de atividades - Página 44 Giphy
DoutorAragom
DoutorAragom
Participativo

RCCoins : 200
Mensagens : 1146
Patente : Coronel
Idade : 19
Emblemas : CFO - Postagem de atividades - Página 44 IT693Sou um militar da PMRCC
em Sex 15 Fev - 17:27
Nick do Professor: DoutorAragom
Nick do Aluno: Giovanni092..
Data da Correção: 15 Fev 2019
Veredito dado: Aprovado
Motivos: Estrutura básica e ideia inovadora.
Spoiler:
Projeto do Aluno:
CIFA - Centro de Integração à Faculdade



Introdução: Percebi que a RCC tem muitos adolescentes/crianças, no qual, ao se formarem no ensino médio, maioria não tem conhecimento necessário para ingressar numa faculdade federal, e também não tem dinheiro para pagar uma faculdade privada. Com isso resolvi criar o projeto CIFA - Centro de Integração à Faculdade.


Desenvolvimento: Para algumas pessoas, ingressar na faculdade é um grande desejo, alguns, por falta de dinheiro, não conseguem começar este sonho muito cedo, ou, não chegam a nem entrar na faculdade, indo direto ao mercado de trabalho, no qual sem nenhuma formação, fica à mercê de algo que será em sua maioria, trabalhar muito e ganhar pouco. E ingressar numa faculdade federal, em vagas  como medicina, engenharia, Administração, Enfermagem, etc, é muito difícil de se conseguir. Com isto, desejo criar o CIF/CIFA, Centro de Integração à Faculdade. Para 3 tipos de policiais:

Policiais no terceiro ano de Ensino médio
Policiais já formado, querendo ingressar na faculdade
Policiais interessados, que ainda cursam o Ensino médio, mas que já pensam na faculdade (14 Anos+)


O CIF/CIFA seria compostos apenas por policiais 16+, aplicando temas que em sua maioria, caem em vestibulares, como por exemplo: ENEM, FUVEST, MACKENZIE, UNICAMP, etc. Para ajudar os policiais a obter uma nota maior, e competir com outras pessoas. Não, não iremos virar um vestibulinho, um Objetivo da vida. Mas sim encorajar os policiais a estudar tanto fora do habbo, quanto dentro dele. É melhor um policial rendendo/estudando dentro de nossa polícia, ao invés do mesmo pegar uma licença de 1 mês, para se dedicar totalmente ao estudo, e levando o mesmo para distância da RCC.

Os temas aplicados seriam: Redação, matemática, português, literatura, ciências, Raciocínio Lógico, Sociologia, etc.

NENHUM policial seria obrigado a fazer, apenas pessoas como disse anteriormente, que tem ambição/desejo de entrar numa faculdade, de uma federal a uma privada, bolsista ou não.


Conclusão: Com isto, poderemos ajudar muitos policiais, a absorver conhecimento, e tentar concorrer a vagas federais, que no Brasil, é referência ao mercado de trabalho. Ou até mesmo conseguir bolsas integrais na faculdade privada, como o PROUNI (no qual faço parte)






Atenciosamente DoutorAragom [DrA]

- General da RCC
- Membro do Serviço de Proteção dos Professores
- Conselheiro dos Professores
- Avaliador do CFO
- Ex-Avaliador do CFO
- Ex-Membro do Conselho de Cargos Executivos
- Ex-Vice-Líder dos Professores
- 3º Lugar no PMS 2014 - Melhor Professor
- 3º Lugar no Oscar 2014 - Melhor Professor
- Ex-Coronel
Novembro 2018
Since fevereiro 2014
"Não quero que as pessoas sejam muito gentis; pois tal poupa-me o trabalho de gostar muito delas."

CFO - Postagem de atividades - Página 44 Giphy
DoutorAragom
DoutorAragom
Participativo

RCCoins : 200
Mensagens : 1146
Patente : Coronel
Idade : 19
Emblemas : CFO - Postagem de atividades - Página 44 IT693Sou um militar da PMRCC
em Sab 16 Fev - 22:02
Nick do Professor: DoutorAragom
Nick do Aluno: tack167
Data da Correção: 16 Fev 2019
Veredito dado: Aprovado
Motivos: Apresentou a estrutura básica somado com pontos positivos e negativos.
Spoiler:
Projeto do Aluno:

Introdução


Reforçar a segurança do batalhão, já que muitos policiais tem acesso ao BP pelo corredor.

Desenvolvimento


Os policiais a partir da patente de cabo/inspetor começam a ingressar em companhias, já que as mesmas necessitam. Porém, ao participar de uma companhia, os policiais passam ter acesso a área interna do batalhão, sem ao menos passar pelos operadores, uma vez que cada policial tem acesso ao corredor da sua devida companhia pelo emblema, consequentemente  tendo acesso ao corredor principal da RCC, e posteriormente, ao BP. Com essa brecha, esses policiais podem entrar ao BP, com uma autopromoção, com efeitos de invisibilidade, missão, farda, cor de fala erradas, entre outras coisas.

Conclusão


Portanto, os supremos devem implantar mais um operador para controlar a entrada de policiais ao batalhão pelo corredor, corrigindo a cor de fala, farda, missão e conferimento da TAG, afim de melhorar a segurança e evitando crimes que possam ser cometidos por policiais, como a autopromoção.

Ponto Positivo


A segurança do batalhão será melhorada e os erros cometidos por policiais, serão reduzidos ao máximo.

Ponto Negativo


A entrada de policiais ao batalhão pelo corredor será um pouco demorada, visto que terá que passar por um conferimento antes de ter acesso a área interior do BP.


Atenciosamente DoutorAragom [DrA]

- General da RCC
- Membro do Serviço de Proteção dos Professores
- Conselheiro dos Professores
- Avaliador do CFO
- Ex-Avaliador do CFO
- Ex-Membro do Conselho de Cargos Executivos
- Ex-Vice-Líder dos Professores
- 3º Lugar no PMS 2014 - Melhor Professor
- 3º Lugar no Oscar 2014 - Melhor Professor
- Ex-Coronel
Novembro 2018
Since fevereiro 2014
"Não quero que as pessoas sejam muito gentis; pois tal poupa-me o trabalho de gostar muito delas."

CFO - Postagem de atividades - Página 44 Giphy
DoutorAragom
DoutorAragom
Participativo

RCCoins : 200
Mensagens : 1146
Patente : Coronel
Idade : 19
Emblemas : CFO - Postagem de atividades - Página 44 IT693Sou um militar da PMRCC
em Dom 17 Fev - 21:11
Nick do Professor: DoutorAragom
Nick do Aluno: SkatelucasBoyBN
Data da Correção: 17 Fev 2019
Veredito dado: Aprovado.
Motivos: Apresentou estrutura básica e uma boa ideia.
Spoiler:
Projeto do Aluno:

Projeto: Emblema/Listagem Sistema de Direitos.



Índice:

Introdução
Desenvolvimento
Conclusão
Pontos Negativos/Positivos
Objetivo.

I.Introdução


 Bom, o projeto consiste em criar um grupo para cada batalhão, para organizar o Sistema de Direitos.


II.Desenvolvimento


 O projeto tem como proposta o aprimoramento do controle do Sistema de Direitos da RCC, não sobrecarregando as equipes de combate a emergência para descobrir os policiais que se voltaram contra a RCC com mais facilidade, apenas em olhar o grupo e descobrir rapidamente os policiais onlines que estavam no grupo, e também a criação de uma planilha no fórum, que aparecerá apenas para Generais e patentes acima.

III.Conclusão


 Os policiais que tiverem direitos e não estiverem no grupo ''Sistema de Direitos'' estão sujeitos a punição gradativa que vai de demissão imediata a exoneração permanente, dependendo de cada caso.

IV.Pontos Positivos/Negativos


 O ponto positivo seria a fácil identificação de policiais que tentarem atacar as dependências da RCC.
 Já o ponto negativo, seria fácil para todos descobrirem quem possui direitos nos batalhões, aumentando os riscos de suborno.

V.Objetivo


 Portanto, o objetivo do projeto é a organização dos policiais que possuem direitos nos batalhões da RCC.

-x-


Atenciosamente DoutorAragom [DrA]

- General da RCC
- Membro do Serviço de Proteção dos Professores
- Conselheiro dos Professores
- Avaliador do CFO
- Ex-Avaliador do CFO
- Ex-Membro do Conselho de Cargos Executivos
- Ex-Vice-Líder dos Professores
- 3º Lugar no PMS 2014 - Melhor Professor
- 3º Lugar no Oscar 2014 - Melhor Professor
- Ex-Coronel
Novembro 2018
Since fevereiro 2014
"Não quero que as pessoas sejam muito gentis; pois tal poupa-me o trabalho de gostar muito delas."

CFO - Postagem de atividades - Página 44 Giphy
Kelly,Cristinay
Kelly,Cristinay
Participativo

RCCoins : 200
Mensagens : 1453
Outro : Oficial Reformado
Localização : Curitiba/Paraná.

Emblemas : CFO - Postagem de atividades - Página 44 IT693Sou um militar da PMRCC
em Seg 18 Fev - 1:32
Nick do Professor: Kelly,Cristinay
Nick do Aluno: 0-loko-0
Data da Correção: 18 Fev 2019
Veredito dado: Aprovado.
Motivos: Apresentou boa ortografia, estrutura e bons argumentos.
Spoiler:

Projeto do Aluno:
Projeto para implementação de Curso de Operadores destinado a patente de Cabo.


1. Introdução

O projeto é uma sugestão de implementação de um curso de treinamento a patente de Cabo, o mesmo irá ser um treinamento prático com foco sobre as funções de operadores, o nome do curso seria: Curso de Operadores.

2. Desenvolvimento


2.1. Problemática

Ao decorrer de duas semanas analisei o funcionamento do batalhão, com isto observei os problemas encontrados em algumas funções, a função a qual cometia mais erros era a de Operadores.

2.2. Objetivo

Após observar bastante, vi a necessidade de apresentar um projeto de desenvolvimento de curso obrigatório destinado a patentes de cabo.  O curso teria como foco treinamento para que o cabo esteja apto para assumir a função de operador.
O curso seria ministrado, após os Cursos de Formação de Cabos [CFC] e Aula de Segurança [SEG].
O curso teria o nome de Curso de Operadores e a sua TAG seria [CO]. A aplicação seria de responsabilidade da companhia de Treinadores da Policia Militar Revolução Contra o Crime. 
A matéria do curso é um treinamento focado nas funções de operadores 1, 2, 3 e 4, respectivamente, este sendo destinado a patente de cabo, aos quais seriam colocados em situações reais que pode ser encontrado no batalhão da RCC, sendo estas situações: fardamentos com erros, missão com erros, emblema favorito errado, emblema no perfil de outras policias e fakes copiando outros policiais.
Além disso o militar para assumir a função de operador além de necessitar ter os cursos de formação de cabos e de segurança, ambos com os emblemas no perfil e TAG na missão, seria necessário ter o curso de operadores com o emblema no perfil e TAG na missão.
Por fim para ajudar o Auxiliar Operacional, seria posto um portão de permissão na entrada da Sala de Controle a qual, apenas policiais que possuíssem o Curso de Operador (CO) e o emblema do curso poderiam adentrar na sala, assim retirando a necessidade de conferir o perfil dos militares que desejam assumir as funções de operadores.

2.3. Pontos positivos

- Menor quantidade de erros dos militares que se encontram na função de Operadores;
- Maior qualificação dos operadores;
- Conhecimento para resolver problemas que podem ser encontrados ao ocupar a função de operador;
- Ajuda ao Auxiliar Operacional no ato de filtrar quem poderá assumir a função de operador.

2.4. Pontos negativos

- Entrada de outro curso a ser ministrado pela Companhia de Treinadores.

3. Conclusão
Assim concluo que a implementação do Curso de Operadores é grande importância dentro da Policia Militar de Revolução Contra o Crime, pois esta é uma função de grande relevância para o bom funcionamento do batalhão e com o treinamento poderia-se evitar grandes problemas, tendo em vista que o curso diminuiria drasticamente os erros cometidos por militares que ocupa-se está função e auxiliaria no melhor funcionamento da sala de controle e do batalhão da polícia.


CFO - Postagem de atividades - Página 44 Sem_tz13
Kelly,Cristinay
Kelly,Cristinay
Participativo

RCCoins : 200
Mensagens : 1453
Outro : Oficial Reformado
Localização : Curitiba/Paraná.

Emblemas : CFO - Postagem de atividades - Página 44 IT693Sou um militar da PMRCC
em Seg 18 Fev - 1:36
Nick do Professor: Kelly,Cristinay
Nick do Aluno: Everte77
Data da Correção: 18 Fev 2019
Veredito dado: Aprovado.
Motivos: Boa ideia, uma ótima ortografia e estrutura adequada.
Spoiler:

Projeto do Aluno:
1. Introdução
2. Desenvolvimento
2.1. Funcionamento
2.2. Pontos positivos
3. Conclusão


1. Introdução

Sabemos que a recepção é o local onde se iniciar as primeiras impressões sobre a RCC. A função dos recepcionistas é recrutar novos membros para a polícia RCC, mostrando um ótimo atendimento, ocupada na maioria das vezes por soldados e cabos e equivalência. Durante o início/meio/fim de um atendimento aos civis, podemos observar duas situações que acarreta uma única problemática: 1ª – superiores como: sargentos, subtenentes, aspirantes +, chamam seus subordinados para o C.I, para uma atividade, uma correção; 2ª – Momento em que um inferior pede para assumir o superior, nesse meio tempo, chega o novo recepcionista iniciara o atendimento novamente, fazendo todas as análises de farda emblema e missão. Tal problema pode torna-se um incomodo, ou seja, um civil para ser atendido passa por no mínimo 2 a 3 recepcionista, assim causando uma fadiga devido a espera, lembrando que nessa terceira tentativa pode chegar um comandante e o batalhão receber a ordem de sentido, ocasionando um incomodo ainda maior levando o mesmo a desistir e ocasionar um péssimo atendimento e uma má reputação ao Batalhão.



2. Desenvolvimento

2.1. Funcionamento

Para evitar esse transtorno e problema, algo que não queremos, seria muito eficiente se o recepcionista que irá sair passa onde parou o recrutamento ao novo recepcionista ou uma melhor opção seria espera a conclusão do atendimento.


2.2. Pontos positivos

- O recepcionista mostraria um ótimo atendimento;
- A RCC se mostraria mais organizada;
- Evitaria má falácia entre civis no Hotel Habbo sobre o atendimento da RCC.



3. Conclusão

O único ponto negativo encontrado nessa alteração, é que um superior esperaria um pouco mais para poder fala, aplicar aula ou instrução no C.I, com seu subordinado, porém, não é nada que prejudique o Batalhão. 
A partir disso apresentado, teremos uma melhor aceitação dos civis, que será benéfico tanto para RCC, quanto para o recepcionista.


CFO - Postagem de atividades - Página 44 Sem_tz13
DoutorAragom
DoutorAragom
Participativo

RCCoins : 200
Mensagens : 1146
Patente : Coronel
Idade : 19
Emblemas : CFO - Postagem de atividades - Página 44 IT693Sou um militar da PMRCC
em Seg 18 Fev - 18:50
Nick do Professor: DoutorAragom
Nick do Aluno: Fabinho_157
Data da Correção: 18 Fev 2019
Veredito dado: Aprovado
Motivos: Apresentou a estrutura obrigatória e um bom uso de BBcode.
Spoiler: O bbcode bugou excluindo partes do projeto. Portanto, o projeto aqui mostrado está sem bbcode.
Projeto do Aluno:

Curso de Formação Oficiais (Ciencias militares) Projeto.




Feito por: Fabinho_157


Introdução: Nesse meu projeto, irei elaborar um método de respeito a mais com um superior de maior patente que entra no Batalhão, para um melhor agrado dentro da policia Revolução Contra o Crime.


Desenvolvimento: 1. Funcionamento: O funcionamento do meu projeto é a qualidade de respeito que deve ser com superiores que entram no Batalhão. Para esse meu projeto, elaborei umas ideias que podem funcionar, como: Quando um superior da mais alta patente entra, como é para ser feito, o OG deve dar o sentido, e esperar o a vontade do superior de maior patente. Certo, até ai nada demais, mas se quando o OG fosse dar o sentido, além de ele dar o sentido, falar para dar continencia para o Superior de maior patente, como uma forma de respeito e de companheirismo, pois nós temos que tratar nossos superiores muito bem.


2. defesa do meu projeto: Para a minha defesa, vou usar os seguintes recursos, que são: Lealdade, respeito e companheirismo. Certo, para a nossa instituição seguir como esta, creio que precisamos revolucionar a forma de respeito, lealdade e companheirismo dentro dela, e com esse meu projeto, creio que seja um bom avanço para essa revolução, pois essa é uma forma de lealdade, respeito e companheirismo, dar continencia a um superior de maior patente. Bom acho que isso mostrara mais quem somos com nossos superiores.


Conclusão: A solução do meu projeto é de criar mais o respeito dentro da RCC, pois oque somos sem respeito, não é? espero que meu projeto consiga servir para alguma coisa, ajudar a RCC a melhorar.



Atenciosamente DoutorAragom [DrA]

- General da RCC
- Membro do Serviço de Proteção dos Professores
- Conselheiro dos Professores
- Avaliador do CFO
- Ex-Avaliador do CFO
- Ex-Membro do Conselho de Cargos Executivos
- Ex-Vice-Líder dos Professores
- 3º Lugar no PMS 2014 - Melhor Professor
- 3º Lugar no Oscar 2014 - Melhor Professor
- Ex-Coronel
Novembro 2018
Since fevereiro 2014
"Não quero que as pessoas sejam muito gentis; pois tal poupa-me o trabalho de gostar muito delas."

CFO - Postagem de atividades - Página 44 Giphy
DoutorAragom
DoutorAragom
Participativo

RCCoins : 200
Mensagens : 1146
Patente : Coronel
Idade : 19
Emblemas : CFO - Postagem de atividades - Página 44 IT693Sou um militar da PMRCC
em Ter 19 Fev - 16:57
Nick do Professor: DoutorAragom
Nick do Aluno: BjornBerserker
Data da Correção:19 Fev 2019
Veredito dado: Aprovado
Motivos: Apresentou um ótimo projeto com uma estrutura e conteúdo ótimos.
Spoiler:
Projeto do Aluno:
Nick do policial: BjornBerserker
Cargo: Ministro-Geral
TAG: [BsK]




Sabe-se que, entre as funções do batalhão, as localizadas na Sala de Controle são grandes responsáveis pela segurança da base, com o dever de evitar a entrada de fakes. Para aumentar ainda mais a eficiência do conferimento realizado pelos operadores, é proposto neste projeto um sistema adicional que garante a formação de uma fila anteriormente à entrada pela porta do Operador 01.
Problemática abordada: Em muitos casos, ante a abertura do primeiro portão da Sala de Controle pelo Operador 01, ocorrem pequenas invasões de contas fakes, militares com fardamento incorreto ou até mesmo de civis que, inocentemente, desejam realizar seu alistamento mas não sabem onde realizá-lo. Na grande maioria das vezes, isso não ocorre por uma verificação incorreta do operador responsável que, deliberadamente, permite a entrada do mesmo, mas sim pela falta de organização dos policiais na frente da porta de entrada. Se aproveitando dessa desorganização, eventualmente algum civil/fake consegue passar por entre os policiais que aguardam e  adentrar antes do fechamento do portão pelo Operador 01.

Descrição da solução: Tendo em vista o problema a ser sanado, é proposta a criação de uma fila cercada para entrada em frente ao portão do Operador 01. A mesma seria cercada com o mesmo tipo de mobi utilizado para cercar os rollers da Sala de Controle, o "Bar Balcão", e seria composta por três rollers, conforme ilustrado nesta imagem (a imagem foi feita com base em um print retirado no Primeiro Batalhão, mas o mesmo princípio se aplica aos demais). Caso alguém com fardamento incorreto ou qualquer outro tipo de erro chegue ao primeiro roller da fila, o Operador 01 terá a sua disposição o comando "PK" para abrir o Portão Executivo marcado em azul na figura anterior, ao qual estarão associado wireds que irão kickar o invasor, assim como já ocorre com o Operador 04.

Pontos positivos:

  • Baixo investimento monetário para a implementação do projeto;
  • Redução drástica dos problemas com entradas indevidas de civis e contas fakes pelo portão do Operador 01;
  • Facilita e agiliza o conferimento dos requisitos necessários por parte do Operador 01, tendo em vista que agora os militares estarão organizados em uma fila;
  • Trará maior organização ao batalhão, evitando a formação de tumultos na região do portão de entrada.

Pontos negativos:

  • Um invasor que, por ventura, estiver no segundo roller, ainda assim conseguirá passar pelo portão caso o Operador 01 não seja ágil o suficiente para fechar a porta antes da passagem do mesmo, após a passagem do policial no primeiro roller.

Considerações finais: Baseando-se na análise das consequências trazidas pelo projeto, nota-se que o mesmo trará mais impactos positivos do que negativos no que diz respeito à organização do batalhão da Polícia Militar Revolução Contra o Crime, o que compensa os custos para a implementação do mesmo. Além disso, o mesmo trará mais eficiência e agilidade para o trabalho do Operador 01, refletindo-se na eficiência da Sala de Controle como um todo.
Como discutido neste projeto, propõe-se a criação de uma fila para entrada no portão do Operador 01, com o intuito de melhorar a organização, eficiência da Sala de Controle e também a segurança de todo o batalhão, diminuindo a probabilidade de entrada de fakes pela Sala de Controle.


Atenciosamente DoutorAragom [DrA]

- General da RCC
- Membro do Serviço de Proteção dos Professores
- Conselheiro dos Professores
- Avaliador do CFO
- Ex-Avaliador do CFO
- Ex-Membro do Conselho de Cargos Executivos
- Ex-Vice-Líder dos Professores
- 3º Lugar no PMS 2014 - Melhor Professor
- 3º Lugar no Oscar 2014 - Melhor Professor
- Ex-Coronel
Novembro 2018
Since fevereiro 2014
"Não quero que as pessoas sejam muito gentis; pois tal poupa-me o trabalho de gostar muito delas."

CFO - Postagem de atividades - Página 44 Giphy
Srto.DomMarcelo
Srto.DomMarcelo
Popular

RCCoins : 200
Mensagens : 505
Patente : Capitão
Emblemas : CFO - Postagem de atividades - Página 44 IT693Sou um militar da PMRCC
em Qua 20 Fev - 5:39
Nick do Professor: Srto.DomMarcelo
Nick do Aluno: neogabrimu97
Data da Correção: 20 Fev 2019
Veredito dado: Aprovado..
Motivos: Ótima apresentação.
Spoiler:
Projeto do Aluno:
POLÍCIA MILITAR REVOLUÇÃO CONTRA O CRIME
CFO - Postagem de atividades - Página 44 Dddd1012
                                                                                                                               
     
Meus Dados:
Nick: neogabrimu97
Patente: Aspirante a Oficial
TAG: [N97]           

                                                                            
                                                                                                                         ÍNDICE:
CAPÍTULO I – Listagem de Membros

CAPÍTULO II – Hierarquia e Funções

CAPÍTULO III – Gratificações e punições administrativas

Conclusão
 
 
Capítulo I – Listagem de Membros 



A atual hierarquia da companhia dos treinadores está assim (Só irei citar a liderança e o ministério):

LIDERANÇA E MINISTÉRIO
 
Líder {L.TRE}
[01/01] 
Responsável pela administração e gestão da companhia.

01 • o!:duarte:!o - 08 Nov 2017

Vice-Líder {VL.TRE}
[01/02] 
Responsável pela administração e gestão da companhia.

01 • @Sorridente - 20 Mar 2018

LIDERANÇA EM LICENÇA:


Ministério {Min.TRE} 
[06/08] 
Responsáveis pelas tarefas administrativas da companhia.

Ministério da Atualização:
01 • bielwswolf - 17 Ago 2018 - {22 Dez 2018} [DE] [SF] [L] 

Ministério da Documentação:
02 • Skatesr.mateus - 10 Nov 2018 - {05 Jan 2019} [DE] [SF] 

Ministério da Segurança:
03 • xGhastly - 02 Jul 2018 - {15 Nov 2018} [SF] [LR]
04 • Sr.MIGUELSAO - 11 Out 2018 - {05 Jan 2019} [SF] 
05 • .Shiori. - 17 Set 2018 - {20 Jan 2019} [DE]  

Ministério da Contabilidade:
06 • ::-Yan-::-Ban - 06 Mar 2018 - {05 Ago 2018}


Adicionando o novo cargo ficaria assim:

LIDERANÇA E MINISTÉRIO
 
Líder {L.TRE}
[01/01] 
Responsável pela administração e gestão da companhia.

01 • o!:duarte:!o - 08 Nov 2017

Vice-Líder {VL.TRE}
[01/02] 
Responsável pela administração e gestão da companhia.

01 • @Sorridente - 20 Mar 2018

LIDERANÇA EM LICENÇA:


Ministério {Min.TRE} 
[06/08] 
Responsáveis pelas tarefas administrativas da companhia.

Ministério da Atualização:
01 • bielwswolf - 17 Ago 2018 - {22 Dez 2018} [DE] [SF] [L] 

Ministério da Documentação:
02 • Skatesr.mateus - 10 Nov 2018 - {05 Jan 2019} [DE] [SF] 

Ministério da Segurança:
03 • xGhastly - 02 Jul 2018 - {15 Nov 2018} [SF] [LR]
04 • Sr.MIGUELSAO - 11 Out 2018 - {05 Jan 2019} [SF] 
05 • .Shiori. - 17 Set 2018 - {20 Jan 2019} [DE]  

Ministério da Contabilidade:
06 • ::-Yan-::-Ban - 06 Mar 2018 - {05 Ago 2018}

Estágio {Est.TRE} 
[00/04] 
Responsáveis pelas tarefas administrativas da companhia com acompanhamento da liderança e/ou ministério.

01 • -x- {Documentação}
02 • -x- {Segurança}
03 • -x- {Contabilidade}
04 • -x- {Atualização}


Observação: Como há quatro ministérios, sendo eles: atualização, documentação, segurança e contabilidade. Seriam quatro estagiários para cada ministério, iriam se revezar de uma em uma semana, participando de todos os ministérios e os ministros responsáveis acompanhando e avaliando os mesmos para que estejam preparados para assumir a vaga de ministério.

Funções:

O estagiário é o cargo de transição para assumir o Ministério, sendo responsável por exercer funções diversas que são estabelecidas pelo vice-líder no alto do Estágio.

Observação: O vice-líder ou algum ministro responsável ficará responsável por montar uma escala todo domingo, definindo as funções de cada estagiário.




 
Funções de cada estágio:
Estagiário da Atualização:

Estagiário da Atualização, responsável por: Atualizar a lista de membros, controle de tarefas, supervisionar a lista de membros (grupos e inativos) e manter o foco nas advertências ativas dos membros. Sempre com a permissão da liderança ou do ministro da atualização.

Estagiário da Documentação:

Estagiário da Documentação, responsável por: Atualizar as planilhas de treinamentos convencionais, treinamentos rápidos, treinamentos básicos e graduações. Sempre com a permissão da liderança ou do ministro da documentação.

Estagiário da Segurança:

Estagiário da Segurança, responsável por: Atualizar emblemas de aulas, atualizar os emblemas da companhia, postar medalhas semanais e mensais, atualizar a lista de treinamentos convencionais e aplicar teste de admissões. Sempre com a permissão da liderança ou do ministro da segurança.

Estagiário da Contabilidade:

Estagiário da Contabilidade, responsável por: Contagem de treinamentos básicos semanais, contagem de treinamentos rápidos semanais, contagem de treinamentos convencionais mensais e contagem de graduações mensais. Sempre com a permissão da liderança ou do ministro da contabilidade.


Observação: Caso algum estagiário faça alguma coisa sem a permissão de ninguém estará sujeito a medalhas negativas e/ou rebaixamento na companhia.

- Mudanças:

Alterações no regimento interno:

Regimento interno atualizado:
 
Capítulo II - Hierarquia e Funções

Art. 9º - Para fins de organização hierárquica e administrativa, a companhia dos treinadores é composta por uma hierarquia de seis cargos, sendo eles, do menor para o maior:



Treinador(a) de nível um (01);
Treinador(a) de nível dois (02);
Treinador(a) de nível três (03);
Graduador(a);
Estagiário(a);
Ministro(a);
Vice-líder;
Líder.


Art. 10º - Para controle e limitação de membros, cada cargo da hierarquia é restrito por uma quantidade de vagas, totalizando 90 vagas no geral:

Treinador(a) de nível um (01): Existem cinquenta (50) vagas para o cargo;
Treinador(a) de nível dois (02): Existem vinte e cinco (25) vagas para o cargo;
Treinador(a) de nível três (03): Existem oito (08) vagas para o cargo;
Graduador(a): Existem dez (10) vagas para o cargo;
Estagiário(a): Existem quatro (04) vagas para o cargo;
Ministro(a): Existem oito (08) vagas para o cargo;
Vice-líder: Existem uma (01) vagas para o cargo;
Líder: Existe uma (01) vaga para o cargo.


Art. 11º - Para manter a companhia organizada e com um bom funcionamento, é realizada a distribuições de funções para cada cargo da hierarquia, sendo elas:



Treinador(a) de nível 01 (um): Responsável pela aplicação de treinamentos básicos, com a finalidade de doutrinar os militares da melhor maneira possível;

Treinador(a) de nível 02 (dois): Responsável pela aplicação de treinamentos rápidos, com o objetivo de melhorar o conhecimento e agilidade dos policiais, em diversos segmentos, sendo responsável, ainda, pela aplicação de treinamentos básicos;

Treinador(a) de de nível 03 (três): Responsável pela aplicação de treinamentos convencionais, com o intuito de treinar os militares em diversos aspectos, sendo responsável, ainda, pela aplicação de treinamentos básicos;

Graduador(a): Responsável pela aplicação de graduações, com o objetivo de capacitar os treinadores a executarem sua função com excelência;

Estagiário(a): Cargo de transição para assumir o Ministério, sendo responsável por exercer funções diversas que são estabelecidas pelo vice-líder no alto do Estágio, atualmente o estagiário é composto por 4 divisões;

• Estagiário da Atualização, responsável por: Atualizar a lista de membros, controle de tarefas, supervisionar a lista de membros (grupos e inativos) e manter o foco nas advertências ativas dos membros. Sempre com a permissão da liderança ou do ministro da atualização. 

• Estagiário da Documentação, responsável por: Atualizar as planilhas de treinamentos convencionais, treinamentos rápidos, treinamentos básicos e graduações. Sempre com a permissão da liderança ou do ministro da documentação. 

• Estagiário da Segurança, responsável por: Atualizar emblemas de aulas, atualizar os emblemas da companhia, postar medalhas semanais e mensais, atualizar a lista de treinamentos convencionais e aplicar teste de admissões. Sempre com a permissão da liderança ou do ministro da segurança. 

• Estagiário da Contabilidade, responsável por: Contagem de treinamentos básicos semanais, contagem de treinamentos rápidos semanais, contagem de treinamentos convencionais mensais e contagem de graduações mensais. Sempre com a permissão da liderança ou do ministro da contabilidade.

Observação: Caso algum estagiário faça alguma coisa sem a permissão de ninguém estará sujeito a medalhas negativas e/ou rebaixamento na companhia.

Ministro(a): Responsável por toda a parte administrativa da companhia dos treinadores, atualmente o ministério é composto por 4 divisões;

• Ministério da Atualização, responsável por: Atualizar a lista de membros, controle de tarefas, supervisionar a lista de membros (grupos e inativos) e manter o foco nas advertências ativas dos membros. 

• Ministério da Documentação, responsável por: Atualizar as planilhas de treinamentos convencionais, treinamentos rápidos, treinamentos básicos e graduações. 

• Ministério da Segurança, responsável por: Atualizar emblemas de aulas, atualizar os emblemas da companhia, postar medalhas semanais e mensais, atualizar a lista de treinamentos convencionais e aplicar teste de admissões. 

• Ministério da Contabilidade, responsável por: Contagem de treinamentos básicos semanais, contagem de treinamentos rápidos semanais, contagem de treinamentos convencionais mensais e contagem de graduações mensais.

Vice-líder: Responsável por garantir a segurança de toda a estrutura da companhia, supervisionar as funções do ministério, avaliar projetos e representar o líder em sua ausência;

Líder: Responsável por toda a companhia, é seu dever organizar e manter toda a estrutura da companhia.


Art. 12º - Todo treinador tem o dever de cumprir com suas obrigações, com base nisso, é estabelecido uma meta há alguns cargos, sendo elas:



• Treinador(a) de nível 01 (um): Tem a obrigação de atingir 30% de aplicações nas porcentagens semanais de treinamentos básicos;

• Treinador(a) de nível 02 (dois): Tem a obrigação de atingir 50% de aplicações nas porcentagens semanais de treinamentos rápidos e 30% de aplicações nas porcentagens semanais de treinamentos básicos;

• Treinador(a) de nível 03 (três): Tem a obrigação de atingir 50% de aplicações nas porcentagens mensais de treinamentos convencionais e 30% de aplicações nas porcentagens semanais de treinamentos básicos;

• Graduador(a): Tem a obrigação de atingir 50% de aplicações nas porcentagens mensais de graduações;

• Estagíario(a): Tem a obrigação de cumprir com suas funções administrativas semanais.

• Ministro(a): Tem a obrigação de cumprir com suas funções administrativas semanais e mensais.

 
Capítulo III - Gratificações e punições administrativas


Art. 13º - Todos os treinadores são dignos de recompensa pelo seu trabalho, e na companhia dos treinadores, os policiais são recompensados por meio de medalhas efetivas, seguindo o padrão abaixo:

• Treinador(a) de nível 01: Gratificação relativa conforme seu esforço:

30% a 60% na porcentagem de treinamentos básicos = 05 medalhas;
70% a 90% na porcentagem de treinamentos básicos = 07 medalhas;
100% ou superior na porcentagem de treinamentos básicos = 10 medalhas;
O treinador que atingir a maior porcentagem ganha um bônus de 10 medalhas.

• Treinador(a) de nível 02: Gratificação relativa conforme seu esforço:

50% a 75% na porcentagem de treinamentos rápidos = 07 medalhas;
100% ou superior na porcentagem de treinamentos rápidos = 10 medalhas;
O treinador que atingir a maior porcentagem ganha um bônus de 10 medalhas.

• Treinador(a) de nível 03: Gratificação relativa conforme seu esforço;

50% a 75% na porcentagem de treinamentos convencionais = 25 medalhas;
100% ou superior na porcentagem de treinamentos convencionais = 30 medalhas;
O treinador que atingir a maior porcentagem ganha um bônus de 10 medalhas.

• Graduador(a): Gratificação com 50 medalhas caso cumpra com sua meta mensal;
• Estagiário(a): Gratificação com 50 medalhas caso cumpra com suas obrigações;
• Ministro(a): Gratificação com 60 medalhas caso cumpra com suas obrigações;
• Vice-líder: Gratificação com 60 medalhas caso cumpra com suas obrigações;
• Líder: Gratificação com 60 medalhas caso cumpra com suas obrigações.

Art. 14º - Caso o treinador não venha a cumprir suas funções, o mesmo estará sujeito a punições, sendo caracterizado entre expulsão e medalhas negativas/rebaixamento, sendo utilizado na tabela a seguir:

Treinador(a) de nível um (01): Receberá 50 medalhas negativas caso fique abaixo da meta. Caso não aplique nenhum treinamento na semana, será expulso da companhia e receberá 200 medalhas negativas;
Treinador(a) de nível dois (02): Receberá 50 medalhas negativas e rebaixado dentro da companhia;
Treinador(a) de nível três (03): Receberá 70 medalhas negativas, e será rebaixado dentro da companhia;
Graduador(a): Receberá 100 medalhas negativas, e será rebaixado dentro da companhia;
Estagiário(a): Receberá 100 medalhas negativas, e será rebaixado dentro da companhia;
Ministro(a): Receberá 200 medalhas negativas, e será rebaixado dentro da companhia;
Vice-líder: Receberá 300 medalhas negativas, e será realocado como graduador.

 

FINALIZAÇÃO



4.1  Considerações Finais
Sugestão feita pelo Asp. a Oficial neogabrimu97 com tendo em vista o único objetivo já citado acima, c
om isso finalizo meu projeto com a intenção de melhorar as promoções efetuada para o ministério, para que não ocorra dúvidas de que o militar vai ou não fazer a função dele com excelência e responsabilidade.
Conteúdo patrocinado
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum