Polícia RCC - Formando líderes para o futuro!
Redes Sociais:

A Diretoria do Corpo Executivo e toda a RCC gostaria de lhe parabenizar pelo excelente serviço em prol da Polícia RCC! Continue assim.

Redes Sociais



Parceiro: Ofertas na Baixada
Parceiros
Jornal Revolucionário  - Revolucionando seus pixels
Visite o Quarto

Quarto: Praça Militar
Visite: Clique aqui
Link-nos
Policia RCC - A Melhor Policia do Habbo Hotel



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

BoyjonhFeliz

avatar
RCCStar

Nicks dos policiais envolvidos: estivalet4 / RainhaHermione
Cargos/patentes, respectivamente: Aspirante à Oficial/Executive
Descrição do problema: O aspirante estivalet4 sendo auxiliado pelo coronel Wellerson3boy, resultou no que a Executive RainhaHermione recusou-se a se sentar no primeiro pedido do Oficial da Guarda alegando que iria "Sair", portanto a mesma permaneceu em pé e no segundo pedido ela se sentou. O Aspirante estivalet4 ocupando o posto de Oficial da Guarda  pediu para executive RainhaHermione aplicar CAS ao soldado da recepção e a mesma recusou alegando que iria "Sair". Todavia, a mesma ficou no Ala imperial e acabou não saindo.




Meu nick: wellerson3boy
Patente: Coronel

Recurso da Executive RainhaHermione

Ao exato dia 07 de Novembro de 2017, às 02:35 (Brasília), o Oficial da Guarda pediu para a Executive RainhaHermione sentar-se na sala de estado (SE) educadamente, pois a militar estava em pé ao meio do batalhão, não estabelecendo a organização do batalhão. Entretanto, a militar alegou que estava saindo e já iria sentar-se, então, o Oficial da Guarda pediu para a Executive RainhaHermione sentar-se na recepção enquanto não se retirava do habbo hotel, a militar acatou a ordem e sentou-se. Sendo assim, passaram-se três minutos e a militar não tinha saído do habbo hotel, estabelecendo que está ativa e disposta, pois encontrava-se na sala de estado. O Oficial da Guarda chegou na mesma e perguntou se a mesma poderia aplicar CAS aos Soldados, consequentemente a mesma respondeu que estava de saída (novamente) e sentou porque o Oficial da Guarda mandou sentar. Logo em seguida, a militar foi à Ala Imperial, recusando-se indiretamente o pedido do Oficial da Guarda, que, era aplicar CAS aos soldados sem. Chegando na Ala Imperial, a militar que alega a retirada do habbo hotel, estava sussurrando com outros policiais (aparecendo o balão de fala em cima da cabeça). Portanto, eu pude chegar a conclusão que a Executive RainhaHermione cometeu o crime deInsubordinação, por ignorar ou/e não acatar uma ordem dada do Oficial da Guarda, onde é o posto com a autoridade máximo dentro do batalhão. 

Anexos: 

https://imgur.com/a/TpyRU

Defesa da Executiva RainhaHermione:


Na atual situação os fatos foram mal relatados, onde me coloca como negligente dentro da minha companhia, onde prezo pela qualidade de serviço dela. Baseado nisso vemos que alguns militares tem certa vontade de prejudicar o companheiro o acusando sem visar as atitudes. Aqui irei relatar o fato ocorrido.


Estava na Ala imperial me preparando pra jogar uma partida de League of Legends ( LoL ) e queria chamar algumas pessoas pra jogar comigo, desci para o batalhão onde se encontrava os militares, wood, furtune e boyjohn na S.E, chamei o comandante wood e a vice presidente furtune pra jogar comigo, porém enquanto estava chamando ambos o oficial da guarda pediu pra eu sentar na SE pra não ficar no meio da base, eu informei a ele que iria sair, ele insistiu e pra não discuti com o mesmo, sentei e continuei a falar com a furtune pra irmos jogar, quando o OG me solicitou CAS sabendo que eu já estava de saída, eu informei a ele isso, e como correto ele pediu pra eu me dirigir a ala por está na S.E e se ta na  S.E ta disponível, assim então eu fiz, fui pra ala e de lá visto que ambos não iria jogar, dei inicio a busca de partida do lol, enquanto a partida estava sendo procurada fui conversar com o comandante wood sobre outra partida jogada, até que minha partida foi encontrada encerrei minha conversa e fui jogar lol.




Testemunhas: Comandante Wood / Vice Presidente Furtune 


Atenciosamente, Executive RainhaHermione. 



BoyjonhFeliz

avatar
RCCStar

Análise: A executive RainhaHermione, em um ponto de vista ela colocou o jogo League Of Legends (lol) em primeiro lugar, do que seu dever como Treinadora, tendo em vista que ela iria jogar League Of Legends, ela poderia muito bem ter aplicado o Curso de Formação de Soldados, em vista ela sendo a única Treinadora presente e mesmo ela sendo ministra, ela não pode fugir da aplicação, sendo ela a única presente. Portanto, em meu ponto de vista ela estava disponível sim para aplicação do curso e que de uma forma indireta não quis aplicar. 

Veredito: Continua no cargo.



Obs: Algum diretor deverá falar com ela sobre tal assunto, para que não ocorra novamente.



FOGO.4157

avatar
G.A.T.E

@BoyjonhFeliz escreveu:Análise: A executive RainhaHermione, em um ponto de vista ela colocou o jogo League Of Legends (lol) em primeiro lugar, do que seu dever como Treinadora, tendo em vista que ela iria jogar League Of Legends, ela poderia muito bem ter aplicado o Curso de Formação de Soldados, em vista ela sendo a única Treinadora presente e mesmo ela sendo ministra, ela não pode fugir da aplicação, sendo ela a única presente. Portanto, em meu ponto de vista ela estava disponível sim para aplicação do curso e que de uma forma indireta não quis aplicar. 

Veredito: Continua no cargo.



Obs: Algum diretor deverá falar com ela sobre tal assunto, para que não ocorra novamente.

Concordo com a análise do meu companheiro, porém já é reincidente o fato da mesma ficar em pé atrapalhando a organização do batalhão. Por que ela não foi para a ala imperial quando solicitado para sentar-se? A mesma só acatou a ordem quando o Oficial da Guarda persistiu por várias vezes, mas mesmo assim sentou na sala de estado e permaneceu nela por alguns minutos. O Código de Conduta Militar é claro em relação a isso, o Oficial da Guarda pode designar funções para todos os policiais que estiverem ativos no momento. Considerando o fato da Executive RainhaHermione ir posteriormente para a ala imperial e não demonstrar inatividade, caracterizo este fato como negligência.

Veredito: Rebaixamento.

Observação: A policial em questão não apresentou uma justifica plausível, sendo que não mediria esforços ao aplicar a atividade solicitada pelo Oficial da Guarda.



- Instrutor do Grupamento de Ações Táticas Especiais [xx]

-x-

- Ex Corregedor
- Ex Presidente da Mesa da Defensoria Pública
- Ex membro do Conselho do Corpo Executivo e da Diretoria
- Ex Chanceler (mérito)
- Ex Coronel
- Ex membro do Centro de Recursos Humanos
- Ex membro do Centro de Formação de Oficiais
- Ex Vice-Líder dos Instrutores
- Ex Ministro dos Supervisores
- Ex Ministro da Escola de Formação de Executivos
- Ex Auditor Fiscal

-x-

vascsjr.ban

avatar
G.A.T.E

@FOGO.4157 escreveu:
@BoyjonhFeliz escreveu:Análise: A executive RainhaHermione, em um ponto de vista ela colocou o jogo League Of Legends (lol) em primeiro lugar, do que seu dever como Treinadora, tendo em vista que ela iria jogar League Of Legends, ela poderia muito bem ter aplicado o Curso de Formação de Soldados, em vista ela sendo a única Treinadora presente e mesmo ela sendo ministra, ela não pode fugir da aplicação, sendo ela a única presente. Portanto, em meu ponto de vista ela estava disponível sim para aplicação do curso e que de uma forma indireta não quis aplicar. 

Veredito: Continua no cargo.



Obs: Algum diretor deverá falar com ela sobre tal assunto, para que não ocorra novamente.

Concordo com a análise do meu companheiro, porém já é reincidente o fato da mesma ficar em pé atrapalhando a organização do batalhão. Por que ela não foi para a ala imperial quando solicitado para sentar-se? A mesma só acatou a ordem quando o Oficial da Guarda persistiu por várias vezes, mas mesmo assim sentou na sala de estado e permaneceu nela por alguns minutos. O Código de Conduta Militar é claro em relação a isso, o Oficial da Guarda pode designar funções para todos os policiais que estiverem ativos no momento. Considerando o fato da Executive RainhaHermione ir posteriormente para a ala imperial e não demonstrar inatividade, caracterizo este fato como negligência.

Veredito: Rebaixamento.

Observação: A policial em questão não apresentou uma justifica plausível, sendo que não mediria esforços ao aplicar a atividade solicitada pelo Oficial da Guarda.

Concordo com a análise dos dois Diretores.

A Executive RainhaHermione é reincidente na questão de desobediência ao Oficial da Guarda quando é seu inferior. Porém, o fato apresentado agora não justifica um rebaixamento, mas deverá receber uma punição sim. Além da advertência verbal do Diretor que abriu o caso, ela deverá apresentar armas por um determinado tempo como forma de punição. Mais um caso de desobediência ao Oficial da Guarda, deverá levar punições mais severas.

Veredito: Apresentar armas por tempo determinado.



Atenciosamente, Chanceler vascsjr.ban.


Meu histórico policial: CLIQUE AQUI.

Omenare

avatar
Administrador

@vascsjr.ban escreveu:
@FOGO.4157 escreveu:
@BoyjonhFeliz escreveu:Análise: A executive RainhaHermione, em um ponto de vista ela colocou o jogo League Of Legends (lol) em primeiro lugar, do que seu dever como Treinadora, tendo em vista que ela iria jogar League Of Legends, ela poderia muito bem ter aplicado o Curso de Formação de Soldados, em vista ela sendo a única Treinadora presente e mesmo ela sendo ministra, ela não pode fugir da aplicação, sendo ela a única presente. Portanto, em meu ponto de vista ela estava disponível sim para aplicação do curso e que de uma forma indireta não quis aplicar. 

Veredito: Continua no cargo.



Obs: Algum diretor deverá falar com ela sobre tal assunto, para que não ocorra novamente.

Concordo com a análise do meu companheiro, porém já é reincidente o fato da mesma ficar em pé atrapalhando a organização do batalhão. Por que ela não foi para a ala imperial quando solicitado para sentar-se? A mesma só acatou a ordem quando o Oficial da Guarda persistiu por várias vezes, mas mesmo assim sentou na sala de estado e permaneceu nela por alguns minutos. O Código de Conduta Militar é claro em relação a isso, o Oficial da Guarda pode designar funções para todos os policiais que estiverem ativos no momento. Considerando o fato da Executive RainhaHermione ir posteriormente para a ala imperial e não demonstrar inatividade, caracterizo este fato como negligência.

Veredito: Rebaixamento.

Observação: A policial em questão não apresentou uma justifica plausível, sendo que não mediria esforços ao aplicar a atividade solicitada pelo Oficial da Guarda.

Concordo com a análise dos dois Diretores.

A Executive RainhaHermione é reincidente na questão de desobediência ao Oficial da Guarda quando é seu inferior. Porém, o fato apresentado agora não justifica um rebaixamento, mas deverá receber uma punição sim. Além da advertência verbal do Diretor que abriu o caso, ela deverá apresentar armas por um determinado tempo como forma de punição. Mais um caso de desobediência ao Oficial da Guarda, deverá levar punições mais severas.

Veredito: Apresentar armas por tempo determinado.

Concordo plenamente com o Diretor vascsjr.ban e ratifico sua análise e veredito.



Hedonism


Saiba mais sobre mim:

CLIQUE AQUI e leia mais sobre mim.

Lucas_WolfAnjo

avatar
Diretor

@Omenare escreveu:
@vascsjr.ban escreveu:
@FOGO.4157 escreveu:
@BoyjonhFeliz escreveu:Análise: A executive RainhaHermione, em um ponto de vista ela colocou o jogo League Of Legends (lol) em primeiro lugar, do que seu dever como Treinadora, tendo em vista que ela iria jogar League Of Legends, ela poderia muito bem ter aplicado o Curso de Formação de Soldados, em vista ela sendo a única Treinadora presente e mesmo ela sendo ministra, ela não pode fugir da aplicação, sendo ela a única presente. Portanto, em meu ponto de vista ela estava disponível sim para aplicação do curso e que de uma forma indireta não quis aplicar. 

Veredito: Continua no cargo.



Obs: Algum diretor deverá falar com ela sobre tal assunto, para que não ocorra novamente.

Concordo com a análise do meu companheiro, porém já é reincidente o fato da mesma ficar em pé atrapalhando a organização do batalhão. Por que ela não foi para a ala imperial quando solicitado para sentar-se? A mesma só acatou a ordem quando o Oficial da Guarda persistiu por várias vezes, mas mesmo assim sentou na sala de estado e permaneceu nela por alguns minutos. O Código de Conduta Militar é claro em relação a isso, o Oficial da Guarda pode designar funções para todos os policiais que estiverem ativos no momento. Considerando o fato da Executive RainhaHermione ir posteriormente para a ala imperial e não demonstrar inatividade, caracterizo este fato como negligência.

Veredito: Rebaixamento.

Observação: A policial em questão não apresentou uma justifica plausível, sendo que não mediria esforços ao aplicar a atividade solicitada pelo Oficial da Guarda.

Concordo com a análise dos dois Diretores.

A Executive RainhaHermione é reincidente na questão de desobediência ao Oficial da Guarda quando é seu inferior. Porém, o fato apresentado agora não justifica um rebaixamento, mas deverá receber uma punição sim. Além da advertência verbal do Diretor que abriu o caso, ela deverá apresentar armas por um determinado tempo como forma de punição. Mais um caso de desobediência ao Oficial da Guarda, deverá levar punições mais severas.

Veredito: Apresentar armas por tempo determinado.

Concordo plenamente com o Diretor vascsjr.ban e ratifico sua análise e veredito.

Concordo com todos os Diretores acima, o meu veredito é o mesmo do Diretor vascsjr.ban.



Xablec

avatar
Corregedor

@vascsjr.ban escreveu:
@FOGO.4157 escreveu:
@BoyjonhFeliz escreveu:Análise: A executive RainhaHermione, em um ponto de vista ela colocou o jogo League Of Legends (lol) em primeiro lugar, do que seu dever como Treinadora, tendo em vista que ela iria jogar League Of Legends, ela poderia muito bem ter aplicado o Curso de Formação de Soldados, em vista ela sendo a única Treinadora presente e mesmo ela sendo ministra, ela não pode fugir da aplicação, sendo ela a única presente. Portanto, em meu ponto de vista ela estava disponível sim para aplicação do curso e que de uma forma indireta não quis aplicar. 

Veredito: Continua no cargo.



Obs: Algum diretor deverá falar com ela sobre tal assunto, para que não ocorra novamente.

Concordo com a análise do meu companheiro, porém já é reincidente o fato da mesma ficar em pé atrapalhando a organização do batalhão. Por que ela não foi para a ala imperial quando solicitado para sentar-se? A mesma só acatou a ordem quando o Oficial da Guarda persistiu por várias vezes, mas mesmo assim sentou na sala de estado e permaneceu nela por alguns minutos. O Código de Conduta Militar é claro em relação a isso, o Oficial da Guarda pode designar funções para todos os policiais que estiverem ativos no momento. Considerando o fato da Executive RainhaHermione ir posteriormente para a ala imperial e não demonstrar inatividade, caracterizo este fato como negligência.

Veredito: Rebaixamento.

Observação: A policial em questão não apresentou uma justifica plausível, sendo que não mediria esforços ao aplicar a atividade solicitada pelo Oficial da Guarda.

Concordo com a análise dos dois Diretores.

A Executive RainhaHermione é reincidente na questão de desobediência ao Oficial da Guarda quando é seu inferior. Porém, o fato apresentado agora não justifica um rebaixamento, mas deverá receber uma punição sim. Além da advertência verbal do Diretor que abriu o caso, ela deverá apresentar armas por um determinado tempo como forma de punição. Mais um caso de desobediência ao Oficial da Guarda, deverá levar punições mais severas.

Veredito: Apresentar armas por tempo determinado.
Acredito que o tempo determinado deveria ser entre 10 a 20 minutos.



Formalmente, Chanceler Xablec



- Membro da Corregedoria da RCC
- Membro da Diretoria do Corpo Executivo
- Membro do Centro de Recursos Humanos
- Instrutor do Esquadrão do Corpo Executivo
- Membro do Centro de Recursos Humanos 2
- Coordenador da Monitoria do Corpo Executivo
- Ministro-Geral dos Supervisores de Promoções
- Conselheiro do Centro de Formação de Oficiais
- Supervisor de Jornalismo do Jornal Revolucionário
- Membro do Departamento de Segurança e Investigação


"Eu acredito demais na sorte. E tenho constatado que, quanto mais duro eu trabalho, mais sorte eu tenho."

BoyjonhFeliz

avatar
RCCStar

Veredito final: Apresentar armas 20 minutos.



Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum